Agenda de Eventos
Nov
15
Sex
Esclarecimento sobre o Testamento Vital
Nov 15 @ 17:30 – 18:30
Esclarecimento sobre o Testamento Vital

8 e 15 Novembro | 17h30
Locais: Escola Secun. Dr. Manuel Laranjeira; Escola Sec. Dr. Manuel Gomes de Almeida
Organização: Unidade de Saúde Familiar de Anta
Participação gratuita

ESCLARECIMENTO SOBRE O TESTAMENTO VITAL
Esta sessão de esclarecimento sobre o Testamento Vital, organizada pela Unidade de Saúde Familiar de Anta, terá lugar nos dias 8 e 15 de Novembro. pelas 17h30. A primeira sessão realiza-se na Escola Secundária Dr. Manuel Laranjeira pela Drª Mariana Diaz, e a segunda sessão, na Escola Dr. Manuel Gomes de Almeida, pela Drª Carla Cardoso.
Esta iniciativa, aberta a toda a comunidade, pretende esclarece o cidadão sobre o Testamento Vital, a sua utilidade, como funciona e porquê que deve fazer o seu.
Venha conhecer estas respostas e colocar as suas dúvidas, com o objetivo de conhecer tudo sobre este instrumento legal, que lhe dá o direito de decidir sobre o tratamento que quer receber à iminência da morte. A ideia do testamento vital é evitar ao doente tratamentos desnecessários e que contribuam para o prolongamento artificial de vida.

Nov
16
Sáb
Programação Novembro > Auditório de Espinho
Nov 16 @ 21:30 – 22:30

Em Novembro, diversidade é palavra-chave na programação do Auditó

William Tyler, Kyle Eastwood, Orquestra Clássica de Espinho e Leia Zhu, Sopa de Pedra e, por fim, Alberto Montero são os nomes que marcam o próximo mês no Auditório de Espinho| Academia. Diversidade é, de facto, a palavra-chave desta sala em Novembro, por isso, há propostas para quase todos os fins-de-semana.

A começar pelo dia 8, o norte-americano William Tyler prepara-se para apresentar o álbum que lançou no início deste ano. “Goes West” é o quarto disco do músico que acredita na força de histórias contadas apenas pelo som da sua guitarra.

Este ano, o Auditório de Espinho acolhe mais uma edição do Misty Fest com o concerto de Kyle Eastwood. Mesmo antes do seu lançamento, os temas do disco Cinematic vão estar em concerto a 16 de Novembro. O reputado contrabaixista leva mais de 20 anos de carreira e agora combina duas paixões: o cinema e a música.

No âmbito da iniciativa Anta – Capital do Violino, a Orquestra Clássica de Espinho e a jovem violinista Leia Zhu interpretam repertório do compositor finlandês Jean Sibelius. Leia Zhu tem apenas 12 anos, mas a sua maturidade revela um dom natural. O concerto acontece no dia 22 de Novembro.

No dia seguinte, o palco é liderado pelas Sopa de Pedra, um grupo vocal feminino dedicado ao canto a cappella. Com inspirações em cantautores como Zeca Afonso, João Loio e Amélia Muge, o colectivo apresenta Ao Longe Já Se Ouvia (2017), um disco que reencontra as raízes da música portuguesa.

O mês termina da melhor forma com o concerto de Alberto Montero. A pop e a folk reúnem-se nos doze temas que compõe La Catedral Sumergida (2018) e serão acompanhadas pelas cordas de um quarteto da Escola Profissional de Música de Espinho.

Todos os eventos têm bilhetes à venda em www.musica-esp.pt/auditorio, com os habituais descontos para aderentes ao Cartão Amigo AdE.

 

Nov
19
Ter
IX Encontro Envelhecer+
Nov 19 @ 15:00 – 18:00

A Cerciespinho convida-vos a estarem presentes no IX Encontro “Envelhecer Mais”, que terá como tema de reflexão ”Planear o Futuro”, no dia 19 de novembro de 2019 pelas 15 horas na Biblioteca Municipal de Espinho.

Teremos a presença de distintos palestrantes que irão enriquecer o encontro:

– Padre Artur Pinto, Paróquia de Espinho
– Prof. Dr. António Regedor, Academia Senior Anta e Guetim
– Ana Santos, Assistente Social da Cerciespinho, irá moderar o encontro.

A participação é gratuita, contamos com a vossa presença!

Nov
22
Sex
Encontro Nacional – Problemas Complexos na Deficiência Intelectual e na Multideficiência
Nov 22 todo o dia

A FENACERCI, dando seguimento ao preconizado no seu plano de atividades e no espírito de uma permanente partilha de experiências, irá organizar em parceria com a CERCIESPINHO, um Encontro Nacional subordinado ao tema Problemas Complexos na Deficiência Intelectual e na Multideficiência.

O presente Encontro encontra-se agendado para o próximo dia 22 de novembro, no Auditório do FACE – Fórum de Arte e Cultura de Espinho, tem como principais destinatários famílias, agentes educativos, profissionais de intervenção direta assim como agentes locais. Durante esta jornada de trabalho serão abordados temas de extrema importância para a intervenção efetuada como seja a importância dos instrumentos de avaliação da dor, o papel e importância do cuidador informal na prestação de cuidados, o desafio do envelhecimento das pessoas com deficiência intelectual e/ou multideficiência, entre outros.

Neste sentido, vimos por este meio convidar a vossa organização para participar nesta iniciativa anexando, para o efeito, o respetivo programa e ficha de inscrição.

Solicita-se especial atenção às condições de participação definidas, assim como dos prazos de envio da respetiva ficha de inscrição.

Pensar a Escrita com Fausto Neves
Nov 22 @ 21:30 – 22:30
Pensar a Escrita com Fausto Neves

Apresentação do livro “Em torno de Lopes-Graça. Pensamento – Resistência – Criação” de Fausto Neves.
A apresentação estará a cargo do violinista e professor Manuel Pires da Rocha.

No fim da sessão será servido um Porto de Honra.

“O valor e a importância dados à Música e àqueles que dela usufruem, a luta incessante para encontrar e aplicar os melhores métodos para a sua disseminação e acessibilidade pelo grande público, a perseverança de esforços e de dádivas nesse caminho, a resistência íntegra, corajosa e feroz – sem qualquer cedência ou “tempero” – a todas as manifestações de ignorância, boçalidade, intolerância e sordidez foram aspectos do magistério espelhado pela sua vida de cidadão, compositor, maestro, crítico e ensaísta que me impressionaram e com os quais me identifiquei.”

Fausto Neves
Pianista, doutorado em Música (Performance) com a tese “Imagem Estética e Expectativa Musical na obra de Fernando Lopes-Graça”, Professor Auxiliar na Universidade de Aveiro e investigador INET-md.
Iniciando-se na Música com os seus pais, foi discípulo de Helena Costa, contactando a grande tradição pianística também com Robert Weizs e Harry Datyner e, em masterclasses, com Sequeira Costa, Moura Castro, Josef Palenicek e Jörg Demus.
Diplomado pelo Conservatório de Música do Porto, completou os seus estudos na Universidade Laval (Canadá) e no Conservatório de Música de Genève (Prémio de Virtuosidade), onde veio a leccionar, assim como no Conservatório de Sion, ambos na Suíça.
Apresentando-se em público há mais de cinco décadas, estreou-se aos catorze anos com a Orquestra Sinfónica do Porto, sob a direcção do maestro Silva Pereira. Desde então colaborou, entre outros, com os maestros Arpad Gerezs, Gunther Arglebe, Graça Moura, Álvaro Salazar, Kamen Goleminov, Fernando Eldoro, Marc Tardue, Ferreira Lobo, Philippo Zigante, Cesário Costa, António Lourenço, Pearce de Azevedo, Rui Pinheiro e Pedro Neves.
É convidado frequente das mais importantes organizações e festivais de música nacionais, tendo actuado ainda na Suíça, no Canadá, em Espanha, na França, no Luxemburgo, no Brasil e na Itália, e gravado para a RTP, RDP e TV Cultura (Brasil).
Abarcando o seu repertório todas as épocas, tem dedicado especial atenção à divulgação da Música Portuguesa – estreando obras de Eduardo Patriarca, Amílcar Vasques Dias e Cândido Lima – e divulgado autores como Ramon Barce, Charles Griffes, Frank Martin ou Karol Szymanowsky. Em 2006, celebrando o centenário de Fernando Lopes-Graça, fez a estreia absoluta de “Música Festiva nº 20”, “Música Festiva nº 23”, da versão final de “Música Fúnebre nº 8” e da integral de “Música de Piano para Crianças”, nos inúmeros concertos que realizou, exclusivamente com obras daquele compositor. Colaborou com a violoncelista Gisela Neves (CD “Alla Danza”), com o pianista Álvaro Teixeira Lopes e, integrando o quarteto de dois pianos e percussão, com o pianista Pedro Burmester e com os percussionistas Miguel Bernat e Manuel Campos, para além de numerosíssimos outros solistas com quem colaborou em Música de Câmara.
Detentor do 1º Prémio do Concurso “Cidade da Covilhã”, entre outras recompensas, é regularmente convidado a integrar júris de concursos nacionais e internacionais, assim como a reger cursos de Interpretação ou de Pedagogia pianísticas.
A sua actividade docente em Portugal (Conservatório e Escola Superior de Música do Porto, Academia e Escola Profissional de Música de Espinho, e Universidade de Aveiro) produziu já vários pianistas e professores de mérito. Integrou a equipa da Porto 2001, Capital Europeia da Cultura, criou e dirigiu o Serviço Educativo da Casa da Música. Dirige o Coro “Amigos da Música” de Espinho.
Para João de Freitas Branco, é um intérprete muito sério, com uma interioridade fina, com sentido de estilo.
Editou em Agosto de 2019 o livro “Em torno de Lopes-Graça. Pensamento – Resistência – Criação” na editora “Página a Página” com o apoio da Fundação D. Luís I e da Câmara Municipal de Cascais.

Programação Novembro > Auditório de Espinho
Nov 22 @ 21:30 – 22:30

Em Novembro, diversidade é palavra-chave na programação do Auditó

William Tyler, Kyle Eastwood, Orquestra Clássica de Espinho e Leia Zhu, Sopa de Pedra e, por fim, Alberto Montero são os nomes que marcam o próximo mês no Auditório de Espinho| Academia. Diversidade é, de facto, a palavra-chave desta sala em Novembro, por isso, há propostas para quase todos os fins-de-semana.

A começar pelo dia 8, o norte-americano William Tyler prepara-se para apresentar o álbum que lançou no início deste ano. “Goes West” é o quarto disco do músico que acredita na força de histórias contadas apenas pelo som da sua guitarra.

Este ano, o Auditório de Espinho acolhe mais uma edição do Misty Fest com o concerto de Kyle Eastwood. Mesmo antes do seu lançamento, os temas do disco Cinematic vão estar em concerto a 16 de Novembro. O reputado contrabaixista leva mais de 20 anos de carreira e agora combina duas paixões: o cinema e a música.

No âmbito da iniciativa Anta – Capital do Violino, a Orquestra Clássica de Espinho e a jovem violinista Leia Zhu interpretam repertório do compositor finlandês Jean Sibelius. Leia Zhu tem apenas 12 anos, mas a sua maturidade revela um dom natural. O concerto acontece no dia 22 de Novembro.

No dia seguinte, o palco é liderado pelas Sopa de Pedra, um grupo vocal feminino dedicado ao canto a cappella. Com inspirações em cantautores como Zeca Afonso, João Loio e Amélia Muge, o colectivo apresenta Ao Longe Já Se Ouvia (2017), um disco que reencontra as raízes da música portuguesa.

O mês termina da melhor forma com o concerto de Alberto Montero. A pop e a folk reúnem-se nos doze temas que compõe La Catedral Sumergida (2018) e serão acompanhadas pelas cordas de um quarteto da Escola Profissional de Música de Espinho.

Todos os eventos têm bilhetes à venda em www.musica-esp.pt/auditorio, com os habituais descontos para aderentes ao Cartão Amigo AdE.

 

Nov
23
Sáb
Apresentação do disco de Paulo Resende “ACORDES MEUS”
Nov 23 @ 15:00 – 16:00

Apresentação do disco de Paulo Resende
“ACORDES MEUS”

23 Novembro / 15h00 / Auditório da JF Espinho

Paulo Resende, natural da Freguesia de Anta, começou a tocar Viola com 11 anos e aos 12 já cantava e tocava no Coro da Capela da N.ª Sra. dos Altos Céus. Ao longo destes 45 anos de carreira, tocou e cantou com José Barata Moura, Sérgio Godinho, Quinzinho de Portugal, Fernando Pereira, Quim Barreiros, Luís Represas, José Raul, entre outras figuras do Mundo Artístico.

Programação Novembro > Auditório de Espinho
Nov 23 @ 21:30 – 22:30

Em Novembro, diversidade é palavra-chave na programação do Auditó

William Tyler, Kyle Eastwood, Orquestra Clássica de Espinho e Leia Zhu, Sopa de Pedra e, por fim, Alberto Montero são os nomes que marcam o próximo mês no Auditório de Espinho| Academia. Diversidade é, de facto, a palavra-chave desta sala em Novembro, por isso, há propostas para quase todos os fins-de-semana.

A começar pelo dia 8, o norte-americano William Tyler prepara-se para apresentar o álbum que lançou no início deste ano. “Goes West” é o quarto disco do músico que acredita na força de histórias contadas apenas pelo som da sua guitarra.

Este ano, o Auditório de Espinho acolhe mais uma edição do Misty Fest com o concerto de Kyle Eastwood. Mesmo antes do seu lançamento, os temas do disco Cinematic vão estar em concerto a 16 de Novembro. O reputado contrabaixista leva mais de 20 anos de carreira e agora combina duas paixões: o cinema e a música.

No âmbito da iniciativa Anta – Capital do Violino, a Orquestra Clássica de Espinho e a jovem violinista Leia Zhu interpretam repertório do compositor finlandês Jean Sibelius. Leia Zhu tem apenas 12 anos, mas a sua maturidade revela um dom natural. O concerto acontece no dia 22 de Novembro.

No dia seguinte, o palco é liderado pelas Sopa de Pedra, um grupo vocal feminino dedicado ao canto a cappella. Com inspirações em cantautores como Zeca Afonso, João Loio e Amélia Muge, o colectivo apresenta Ao Longe Já Se Ouvia (2017), um disco que reencontra as raízes da música portuguesa.

O mês termina da melhor forma com o concerto de Alberto Montero. A pop e a folk reúnem-se nos doze temas que compõe La Catedral Sumergida (2018) e serão acompanhadas pelas cordas de um quarteto da Escola Profissional de Música de Espinho.

Todos os eventos têm bilhetes à venda em www.musica-esp.pt/auditorio, com os habituais descontos para aderentes ao Cartão Amigo AdE.

 

Nov
24
Dom
58ª Cãominhada Solidária pela “Patinhas Sem Lar”
Nov 24 @ 09:30 – 12:00
58ª Cãominhada Solidária pela "Patinhas Sem Lar"

58ª Cãominhada Solidária pela “Patinhas Sem Lar”

24 Novembro – 9h30/12h00

Local de encontro: Largo da Igreja de Anta

Promovido pelo Anta a Mexer

Nov
29
Sex
Pensar a escrita com Alberto Serra
Nov 29 @ 21:30 – 22:30

“Homem da Comunicação, passou por diversas rádios e pelos canais de televisão, bem como por diversos jornais… Uma das suas maiores paixões é a leitura de poesia, participando regularmente em recitais. Entre 2004 e 2013 foi o programador da “Poesia está na Rua”, uma iniciativa apoiada pela Câmara Municipal de Santo Tirso. Organiza regularmente oficinas de leitura, a partir de um conceito singular: “A Poesia Faz Bem à Saúde”.

Dinamiza também em escolas e com grupos interessados oficinas de escrita criativa. Colabora com a Câmara de Barcelos em projetos ligados às escolas e centros de dia.”
Biblioteca Municipal José Marmelo e Silva

Nov
30
Sáb
Programação Novembro > Auditório de Espinho
Nov 30 @ 21:30 – 22:30

Em Novembro, diversidade é palavra-chave na programação do Auditó

William Tyler, Kyle Eastwood, Orquestra Clássica de Espinho e Leia Zhu, Sopa de Pedra e, por fim, Alberto Montero são os nomes que marcam o próximo mês no Auditório de Espinho| Academia. Diversidade é, de facto, a palavra-chave desta sala em Novembro, por isso, há propostas para quase todos os fins-de-semana.

A começar pelo dia 8, o norte-americano William Tyler prepara-se para apresentar o álbum que lançou no início deste ano. “Goes West” é o quarto disco do músico que acredita na força de histórias contadas apenas pelo som da sua guitarra.

Este ano, o Auditório de Espinho acolhe mais uma edição do Misty Fest com o concerto de Kyle Eastwood. Mesmo antes do seu lançamento, os temas do disco Cinematic vão estar em concerto a 16 de Novembro. O reputado contrabaixista leva mais de 20 anos de carreira e agora combina duas paixões: o cinema e a música.

No âmbito da iniciativa Anta – Capital do Violino, a Orquestra Clássica de Espinho e a jovem violinista Leia Zhu interpretam repertório do compositor finlandês Jean Sibelius. Leia Zhu tem apenas 12 anos, mas a sua maturidade revela um dom natural. O concerto acontece no dia 22 de Novembro.

No dia seguinte, o palco é liderado pelas Sopa de Pedra, um grupo vocal feminino dedicado ao canto a cappella. Com inspirações em cantautores como Zeca Afonso, João Loio e Amélia Muge, o colectivo apresenta Ao Longe Já Se Ouvia (2017), um disco que reencontra as raízes da música portuguesa.

O mês termina da melhor forma com o concerto de Alberto Montero. A pop e a folk reúnem-se nos doze temas que compõe La Catedral Sumergida (2018) e serão acompanhadas pelas cordas de um quarteto da Escola Profissional de Música de Espinho.

Todos os eventos têm bilhetes à venda em www.musica-esp.pt/auditorio, com os habituais descontos para aderentes ao Cartão Amigo AdE.

 

Dez
31
Ter
Passagem de Ano 2019 – Espinho
Dez 31 2019 @ 22:30 – Fev 1 2020 @ 02:00

O ponto de partida para a despedida da última noite do ano e a entrada em 2020, deve ser bem divertida e com alegria. O fogo-de-artifício é lançado à meia-noite e assinala a chegada do Novo Ano! A animação continuará… nas primeiras horas do novo ano.