Agenda de Eventos
Jan
19
Sáb
Encontro de Cantares de Janeiras / Silvalde 2019
Jan 19 @ 21:00 – 23:30
Encontro de Cantares de Janeiras / Silvalde 2019

Encontro de Cantares de Janeiras, organizado pela Rancho Folclórico S. Tiago de Silvalde.

Salão Paroquial de Silvalde

19 Janeiro – Entrada livre

PROGRAMA

18h45 – Concentração / Jantar – Convívio com todos os Grupos e convidados
(Casa da Cultura Santiago)

21h00 –– Pequeno desfile entre a Sede do Grupo e o Salão Paroquial de Silvalde.

21h30 – Inicio do Encontro.

GRUPOS PARTICIPANTES:

Rancho Folclórico S. Tiago de Silvalde
(Espinho)
Rancho Regional de Argoncilhe
(Feira)
Rancho das Lavradeiras da Trofa
(Trofa)
Grupo Danças e Cantares Regionais do Orfeão da Feira
(Feira)

Música Sacra dos Séculos – Tuna Musical de Anta
Jan 19 @ 21:30 – 23:30
Música Sacra dos Séculos - Tuna Musical de Anta

É com enorme prazer que, a Tuna Musical de Anta convida a assistir a um concerto de Música Sacra dos Séculos dia 19 de Janeiro 2019 pelas 21:30, a realizar na Igreja Paroquial S. Martinho de Anta – Espinho. Tendo como participação a Orquestra e coro da Tuna Musical de Anta com união do Coro Litúrgico Oliveira de Azeméis.
Esperamos por si.
Entrada Livre

Jan
26
Sáb
Concerto Grupo Coral de Paramos
Jan 26 @ 21:15 – 23:00
Concerto Grupo Coral de Paramos

Concerto do Grupo Coral – Paramos

Participação de Músicos da Banda de Paramos

Igreja Matriz de Paramos

26 de Janeiro – 21h15

 

Fev
16
Sáb
Espetáculo Solidário – Espinho e Mar a Cantar
Fev 16 @ 21:30 – 23:00
Espetáculo Solidário - Espinho e Mar a Cantar

Associação Cultural e Recreativa Espinho e Mar a Cantar

Espetáculo Solidário

PROGRAMA

1º Espinho e Mar a Cantar

2º Momento de Poesia pelo poeta António Gonçalves

3º Espinho e Mar a Cantar Música Popular

4º Fados e Guitarradas

 

A receita reverte integralmente a favor da Cerciespinho

Entrada 5 guitarras

Auditório da Junta de Freguesia de Espinho

16 Fev. 21h30

Fev
22
Sex
Jantar Concerto no Centro Comunitário da Ponte de Anta
Fev 22 @ 20:00 – 23:00
Jantar Concerto no Centro Comunitário da Ponte de Anta

Jantar Concerto

“Concertar com quem se gosta”

22 Fevereiro 2019 – 20h

Bloco 1 – Sala de Condomínio – Bairro da Ponte de Anta

Assado Misto, bebibas, sobremesas, caf+e

15 centros

Dress code formal

Org. Centro Comunitário da Ponte de Anta

Mar
30
Sáb
Concerto Solidário “Espinho com a Beira”
Mar 30 @ 21:30 – 23:30
Concerto Solidário "Espinho com a Beira"

30 março pelas 21h30 no antigo cinema do Casino Espinho | Colabore: bens alimentares e/ou artigos de higiene valem bilhetes

Bilhete “comprado” pela angariação de bens: Produtos de Higiene pessoal (sabão barra azul / lixívia); Produtos alimentares secos e enlatados; Água
A entrega dos bens/recolha de bilhetes é feita nos seguintes locais:
  • Quartel dos Bombeiros Cidade de Espinho » Rua 16, Largo Combatentes da Grande Guerra
  • Quartel dos Bombeiros Cidade de Espinho » Rua 16 nº 511
Os bens recolhidos revertem para a população da Cidade da Beira, Província de Sofala-Moçambique, geminada com Espinho desde 26 de janeiro de 1999.

A Câmara de Espinho realiza no sábado (30 março) um concerto de solidariedade para com as vítimas do ciclone Idai e oferecerá os bilhetes a quem doar alimentos destinados a Moçambique, revelou hoje a autarquia, geminada com a cidade da Beira.

Protagonizado por bandas sinfónicas e orquestra clássica, todas elas do concelho de Espinho, o espetáculo conta com a colaboração do Grupo Solverde, que cedeu para o efeito o antigo cinema do Casino de Espinho, e envolve ainda a parceria da Cruz Vermelha Portuguesa, que assumirá o transporte dos bens angariados para Moçambique.
“O objetivo é recolher artigos de primeira necessidade para ajudar as vítimas do Idai, o que passa por alimentos e produtos de higiene”, explica à Lusa o presidente da Câmara Municipal, Joaquim Pinto Moreira.
Os interessados devem deixar o seu donativo no quartel dos Bombeiros Voluntários do Concelho de Espinho a partir de hoje, ao final do dia, e em troca receberão o convite para o concerto de sábado, cuja lotação é de 340 lugares sentados.
A vereadora Lurdes Ganicho, que detém o pelouro da Ação Social na autarquia, especificou que a iniciativa tem como prioridade a recolha de “alimentos enlatados ou secos e também artigos de higiene”, como sabonetes, champôs, escovas de dentes, pastas dentífricas, entre outros.
Quanto ao espetáculo em si, está marcado para as 21h30 e levará ao palco a Escola Profissional Música Espinho – Projeto Benjamin, a Banda União Musical Paramense, a Banda Musical de S. Tiago de Silvalde, a Tuna Musical de Anta e a Banda de Música da Cidade de Espinho.
O município de Espinho está geminado com a cidade moçambicana da Beira desde 1999.
O balanço mais recente da passagem do Idai por África é de 761 mortos, dos quais 446 em Moçambique, 259 no Zimbabué e 56 no Maláu.
O ministro moçambicano da Terra e do Ambiente, Celso Correia, sublinhou no domingo, contudo, que esses números ainda são provisórios, porque novos corpos deverão ser detetados nos territórios submersos à medida que o nível da água for descendo.
O ciclone afetou pelo menos 2,8 milhões de pessoas nos três países referidos, sendo que a área submersa em Moçambique está já estimada por organizações internacionais em cerca de 1.300 quilómetros quadrados.
Só nesse país, situa-se em 531.000 o número de pessoas afetadas e, dessas, 109.000 já deram entrada em centros de acolhimento, sendo 6.500 as que se encontram em situação particularmente vulnerável devido a gravidez ou idade avançada.
Segundo a Organização das Nações Unidas, a cidade da Beira, no centro litoral de Moçambique, foi uma das mais afetadas pelo Idai, cuja passagem pela região na noite de 14 de março deixou 400.000 pessoas desalojadas devido a ventos de velocidade superior a 170 quilómetros por hora, chuvas fortes e inundações.
Tendo em conta o rasto de destruição deixado pelo ciclone, a Organização Mundial de Saúde está a preparar-se para enfrentar na região prováveis surtos de cólera e outras doenças infecciosas, como é o caso do sarampo.
Abr
13
Sáb
Concerto de Páscoa do Orfeão de Espinho
Abr 13 @ 21:30 – 23:00
Concerto de Páscoa do Orfeão de Espinho

O Orfeão de Espinho agendou para dia 13 de Abril, pelas 21h30, no Auditório do Casino Espinho, o seu Concerto de Páscoa.

Abr
24
Qua
Canto à Liberdade em Paramos – 2019
Abr 24 @ 20:00 – 23:45
Canto à Liberdade em Paramos - 2019

45º Aniversário 25 Abril 1974

CANTO À LIBERDADE – A REBOQUE DO ZECA

24 Abril //

20:00 – Jantar (reserve por apenas 10€)

22:00 – Banda União Musical Paramense inicia o concerto

Entrada sem jantar, 4€

Reservas: Sede da AD Quinta de Paramos

Abr
27
Sáb
180 anos da Banda de Música da Cidade de Espinho
Abr 27 @ 21:30 – 23:45
180 anos da Banda de Música da Cidade de Espinho

A Banda de Música da Cidade de Espinho celebra este ano o seu 180º Aniversário, sendo a mais antiga Associação de Espinho.
Iniciamos a celebração destes 180 anos de história com um Concerto de Aniversário, no dia 27 de Abril, pelas 21h30 no Auditório do Casino de Espinho, sob a direção do maestro Hélder Tavares.

Neste Concerto a Banda de Espinho apresentará o seu novo fardamento, fruto de um grande esforço da associação.

Os bilhetes para o Concerto estão disponíveis na Casa Sobral (Rua 16 n.791) ou junto da Direção da Banda de Música da Cidade de Espinho
Contactos: banda-de-espinho@sapo.pt | 914825785

Contamos com todos os associados e amigos da Banda de Espinho para homenagear todos os que tornaram possível estes 180 anos de história!

Mai
4
Sáb
Espetáculo | Verdegar
Mai 4 @ 21:30 – 23:30
Espetáculo | Verdegar

Verdegar é o mais recente espetáculo do NEFUP, um coletivo com uma história de trinta e seis anos de vida, de pesquisas e recolhas, viagens e partilhas. Mostrar e preservar a nossa cultura popular tradicional é o que queremos e gostamos de fazer.
Desta vez, mudámos o nosso método de pesquisa, mas mantivemos o mesmo objetivo. Não procurámos as tradições, mas as estórias. Centrámo-nos na região do Douro Verde e na primeira metade do século XX.
Verdegar nasce da memória: a individual e a coletiva, a documentada e a imaginada, a nossa e a dos outros. Verdegar reproduz estórias verdadeiras, recordadas e relatadas por quem viveu o trabalho, o amor e a festa, em condições difíceis e longe de tudo, apesar de ser curta a distância para a grande cidade.
No entanto, como quem conta um conto acrescenta um ponto, foram vários os fios que fomos entrelaçando numa teia de ficção e realidade: por um lado, as pessoas que ouvimos, entre os setenta e os cem anos, falaram-nos da sua meninice e juventude, mas também dos seus antepassados e das suas experiências, com o olhar toldado pela nostalgia e a clarividência dos muitos anos vividos; por outro, nós próprios fomos tecendo redes de conexão entre os seus relatos e aquilo que imaginávamos, nos tinha sido contado ou tínhamos lido e investigado.
Hesitações, dúvidas e incertezas percorreram a nossa escrita durante muitos meses, mas encontrámos a inspiração em Entre-Os-Rios e Baião, em Amarante e Cinfães, Resende e Penafiel, ao passarmos o Douro em Castelo de Paiva, ao comermos o bazulaque de Baião e ao bebermos o verde macio destas encostas e vales. Procurámos os paus de lódão de Gestaçô e as melhores laranjas deste Douro, que juntámos aos bombos de Amarante, num toque de rigor e tradição, como sempre fazemos com a identidade do país que somos. O resultado é este Verdegar: uma leitura subjetiva e muito criativa de estórias de vida, que centrámos temporalmente na década de 40 do século passado, mas que se refere a mais de cem anos de vivências e tradições.
Escolhemos juntar em Verdegar as duas margens do rio, tantas vezes voltadas de costas uma para a outra: musicalmente, por cancioneiros valiosíssimos e quase desconhecidos, de Resende ao Marco de Canaveses; ao nível da dança, através da inclusão de algumas bem antigas, que ainda hoje surgem espontaneamente em qualquer baile da região, mas também daquelas que, pela década de 40, começavam a entrar em desuso, sendo até hoje perpetuadas apenas no contexto dos grupos folclóricos.
Assumimos Verdegar como um palimpsesto de influências, fontes e vontades que é, à nossa maneira, uma homenagem sentida a quem connosco partilhou estórias de vida e, através deles, a várias gerações que viveram (vivem) e construíram (constroem), durante mais de um século, a paisagem humana da região do Douro Verde.

Bilhetes: 5€
À venda no local

Centro Multimeios de Espinho / 4 Maio / 21:30

Mai
18
Sáb
5ª edição – Conservas ao Quadrado – Dia Internacional dos Museus
Mai 18 @ 10:00 – 22:30

18 Maio 2019 / EVENTO CANCELADO

Mantém somente os workshops das 15h00 e 16h00 no Museu Municipal de Espinho.

Local: Museu Municipal Espinho
Dia Internacional dos Museus
Neste Ano de 2019, sob o tema “Espinho, 120 Anos de Elevação a Concelho”, o Museu Municipal de Espinho celebra o Dia Internacional dos Museus, com a realização da 5ª edição do evento “Conservas ao Quadrado”, uma vez mais com a tónica nos produtos da indústria conserveira e em especial da afamada marca Brandão, Gomes & Ca. , que funcionou no edifício onde hoje está instalado o Museu.
Mai
26
Dom
Danças de Salão
Mai 26 @ 10:00 – 12:00

26 MAI/ 10H00-12H00
Danças de Salão
Salão da Piscina Solário Atlântico
Colaboração da escola Vasco Rigolet
Salão da Piscina Solário Atlântico

Jun
2
Dom
Dança – Café Latino
Jun 2 @ 21:00 – 22:00
Dança - Café Latino

2 JUN/ 21H00
Café Latino

Uma viagem pelos ritmos quentes das danças de salão, do samba ao chachacha, salsa, rumba, quizomba, pelas turmas dos profs. Ana Pais Oliveira e Vasco Rigolet.
Auditório Casino Espinho

Jun
7
Sex
MTV Dance Academy – Dance Show 2019
Jun 7 todo o dia
MTV Dance Academy - Dance Show 2019

MTV Dance Academy

“Dance Show” CIRCO

7, 8 e 9 Junho 2019

Local: Centro Multimeios de Espinho

 

Jun
8
Sáb
MTV Dance Academy – Dance Show 2019
Jun 8 todo o dia
MTV Dance Academy - Dance Show 2019

MTV Dance Academy

“Dance Show” CIRCO

7, 8 e 9 Junho 2019

Local: Centro Multimeios de Espinho