Agenda de Eventos
Mar
24
Dom
MAR-MARIONETAS 2019 | Lobo Mau
Mar 24 @ 16:00 – 17:00
MAR-MARIONETAS 2019 | Lobo Mau
24 Março
Local: Auditório de Espinho – Academia
Preço: PREÇO: 5 euros
CARTÃO AMIGO ADE+: 2,5 euros
CARTÃO AMIGO ADE: 4 euros
Sessões: 16h00
Cada Ovelha tem um Lobo. Cada Lobo tem 1002 Ovelhas… E se uma Ovelha tiver 1002 Lobos? E se cada Lobo tiver uma Ovelha? É a mesma coisa? Quantos Lobos tem um Homem? Imagens que às vezes flutuam, voam, ficam a pairar, e caem com todo o peso da gravidade, com a força de um carimbo, entre o absurdo e o surreal espelhando o insólito de lupa na mão. Um espectáculo que cruza teatro, teatro de marionetas, desenho animado e música.
Red Cloud Teatro de Marionetas/Cine Teatro de Estarreja – coprodução
Rui Pedro Rodrigues, Sara Henriques – criação
João Apolinário Mendes – desenho de personagens e animação
Pedro Cardoso – música e sonoplastia
Sara Henriques – interpretação
Pedro Ribeiro – desenho figurinos
Rui Pedro Rodrigues – desenho de luz
Mar
30
Sáb
MAR-MARIONETAS 2019 | Será um…?
Mar 30 @ 11:00 – 12:00
MAR-MARIONETAS 2019 | Será um...?
30 Março
Local: Biblioteca Municipal José Marmelo e Silva
Preço: €2,50 por bebé + 2 acompanhantes (máximo 10 bebés)
Sessões: 11h00
A luva, a garrafa, a meia, o cachecol… a marioneta, o saco, a folha que dança ao sol! Que histórias contam os objetos?
Vamos inventar, sem parar de brincar?
Uma sessão interativa para bebés e famílias, com muitas histórias pelo meio.

Do Projeto Letras e Chupeas do Serviço Educativo da Divisão Cultura Museologia

Para bebés dos 3 aos 36 meses e famílias
MAR-MARIONETAS 2019 | Workshop de Construção de Marionetas de Vara
Mar 30 @ 11:00 – 12:00
MAR-MARIONETAS 2019 | Workshop de Construção de Marionetas de Vara
Local: FACE – Fórum Arte Cultura Espinho
Preço: Entrada livre (não necessita inscrição)
Sessões: 30 março às 11h00

Workshop para crianças (m/8) pais e avós com orientação da companhia Teatro e Marionetas de Mandrágora.

Entrada livre (não necessita inscrição)

MAR-MARIONETAS 2019 | O Segredo do Rio
Mar 30 @ 16:00 – 17:00
MAR-MARIONETAS 2019 | O Segredo do Rio
30 Março
Local: FACE – Fórum Arte Cultura Espinho
Preço: Dos 4 aos 11 anos: €2,00 | Maiores de 12 anos: €3,00
Sessões: 16h00
Uma história pedagógica que pode ser lida como uma parábola protagonizada pela humanidade e a natureza: se a humanidade (rapaz) tratar a natureza (peixe) com amor, fidelidade e respeito no fundo como merece, a natureza é generosa.
A adaptação do livro que tem ilustrações da artista plástica Fernanda Fragateiro, numa associação feliz que nos consegue transportar para/por uma alegria poética, contagiante, expressa com simplicidade, pretende ser fiel ao texto e às ilustrações. As marionetas executadas por Jorge Cerqueira, seguindo o traço da ilustração, e ainda as novas ilustrações feitas, propositadamente, pela artista plástica para este espectáculo, não desvirtuam o objectivo enunciado, fidelidade ao texto e à linha gráfica, e concorrem para refinar a plasticidade, assim como o jogo de sentimentos e emoções, que se pretende transmitir através do espectáculo.
Um espectáculo de marionetas de luva cheio de beleza e sensibilidade, eclético, onde a plasticidade está presente e o respeito pelo LIVRO é palavra-chave.

Companhia Fio d’azeite – Grupo de Marionetas do Chão de Oliva (Portugal)
Autor: Miguel Sousa Tavares
Adaptação e Encenação: Nuno Correia Pinto
Manipulação: Nuno Correia Pinto e Nuno Machado
Marionetas: Jorge Cerqueira
Ilustração: Fernanda Fragateiro;
Fotografia e Imagem Gráfica: André Rabaça
Desenho de Luz: André Rabaça
Sonoplastia: Carlos Arroja
Operador Luz e Som: André Rabaça
Direção de Produção: Nuno Correia Pinto
Assistente de Produção: Carla Dias
Direção Técnica: André Rabaça
Montagem: André Rabaça e Pedro Tomé
Secretária de Direção e Produção: Cristina Costa
MAR-MARIONETAS 2019 | O Mais Maior Grande Dom Roberto
Mar 30 @ 17:00 – 18:00
MAR-MARIONETAS 2019 | O Mais Maior Grande Dom Roberto
Local: FACE – Fórum Arte Cultura Espinho
Preço: Gratuito
Sessões: 30 e 31 março às 17h00
O fantoche mais tradicional português ganha forma e figura pelas mãos do artista plástico e marionetista enVide neFelibata.
Sentir o fantoche, dando-lhe a dimensão que para nós marionetistas ele tem, a de um imenso valor. Uma escultura em movimento que circula pelas ruas da cidade, a de uma figura que vive e faz reviver as memórias de um teatro tradicional que renasce e se reinventa!
Uma figura gigante que nos leva a olhar para a grandeza deste fantoche tradicional de uma outra forma.
(M/6)
Mar
31
Dom
MAR-MARIONETAS 2019 | Em Busca do Planalto Perdido
Mar 31 @ 16:00 – 17:00
MAR-MARIONETAS 2019 | Em Busca do Planalto Perdido
31 Março
Local: FACE – Fórum Arte Cultura Espinho
Preço: Dos 6 aos 11 anos: €2,00 | Maiores de 12 anos: €3,00
Sessões: 16h00
Temendo o frio do inverno que se aproxima, dois destemidos abutres do Egipto, os últimos do planeta, temem o desaparecimento da espécie. As fêmeas desapareceram, já não existe nenhuma, só restam os dois amigos.
Trec, o mais novo, encontra um Ovo, o ultimo ovo de Abutre do Egipto do Mundo.
Decidem leva-lo para Portugal, para o local onde desde sempre foram para chocarem os ovos e nascerem as crias.
Aventuram-se a voar em busca do mítico Planalto Perdido mas, para o alcançarem, terão de ser valentes, astutos e muito, muito persistentes. Indiferentes às dificuldades, Abu e Trec conseguem um misterioso aliado e partem numa saga inesquecível. Será que a espécie vai sobreviver?
Sem mais demoras, vamos a isso – o Planalto Perdido espera-os e a nós também.
Companhia LIMITE ZERO (Portugal)

Texto original: Jorge Constante Pereira
Encenação: Raul Constante Pereira
Desenho das marionetas: Manel Cruz
Música e sonoplastia: Pedro Lima
Desenho de luz: Raul Constante Pereira
Cenografia: Albano Martins
Marionetas: Raul Constante Pereira, Albano Martins
Interpretação: Raul Constante Pereira, Rui Oliveira
Assistência de encenação e operação técnica: Sofia Silva
Produção executiva: Pé de Cabra
MAR-MARIONETAS 2019 | O Mais Maior Grande Dom Roberto
Mar 31 @ 17:00 – 18:00
MAR-MARIONETAS 2019 | O Mais Maior Grande Dom Roberto
Local: FACE – Fórum Arte Cultura Espinho
Preço: Gratuito
Sessões: 30 e 31 março às 17h00
O fantoche mais tradicional português ganha forma e figura pelas mãos do artista plástico e marionetista enVide neFelibata.
Sentir o fantoche, dando-lhe a dimensão que para nós marionetistas ele tem, a de um imenso valor. Uma escultura em movimento que circula pelas ruas da cidade, a de uma figura que vive e faz reviver as memórias de um teatro tradicional que renasce e se reinventa!
Uma figura gigante que nos leva a olhar para a grandeza deste fantoche tradicional de uma outra forma.
(M/6)
MAR-MARIONETAS 2019 | Workshop tanto por fazer
Mar 31 @ 17:00 – 18:00
MAR-MARIONETAS 2019 | Workshop tanto por fazer
Local: FACE – Fórum Arte Cultura Espinho
Preço: Entrada livre (não necessita inscrição)
Sessões: 31 março às 17h00
Workshop para crianças, pais e avós, com a orientação da Divisão de Cultura e Museologia – Promoção Cultural.
Entrada livre (não necessita inscrição)
Abr
1
Seg
“Provocatorium – Arte Postal e correspondência de guerra”
Abr 1 – Abr 7 todo o dia
"Provocatorium – Arte Postal e correspondência de guerra”

1 e 7 Abril

Está  patente na Biblioteca Municipal José Marmelo e Silva uma nova exposição de MailArt e ArtByMail, sob a curadoria do artista Monsenhor enVide neFelibata, intitulada “Provocatorium – Arte Postal e correspondência de guerra”.

Estão expostos aerogramas, cartas e fotografias enviadas por soldados dos campos de guerra às suas famílias – verdadeiros artefactos que contam histórias de esperança e saudade.

Podem ainda ser vistos trabalhos originais de diversos artistas de todo o mundo sobre a temática da guerra, que foram enviados propositadamente para esta exposição, numa convocatória feita pelo curador à rede de artistas da MailArt.

A exposição tem o objetivo de provocar a nossa consciência, o nosso pensamento crítico, e de permitir um contacto da comunidade espinhense com formas de arte mais alternativas e invulgares.

O curador desta exposição dedica-se à exploração constante da dessacralização da arte e a colaborações e criações conjuntas com outros artistas. Recentemente tem participado, organizado e/ou curado exposições em galerias, museus, bibliotecas e espaços não convencionais. É um artista ativo da MailArt, organiza exposições coletivas itinerantes permitindo artistas nacionais e internacionais mostrar as suas obras dentro de Portugal.

Esta é a quinta exposição de MailArt e ArtByMail que organiza na Biblioteca Municipal José Marmelo e Silva e será acompanhada de uma oficina para famílias, que decorrerá no dia 27 de abril. As inscrições poderão ser efectuadas no blogue da biblioteca municipal.

Abr
25
Qui
5ª Bienal Internacional de Arte de Espinho
Abr 25 todo o dia
5ª Bienal Internacional de Arte de Espinho

Local: Museu Municipal

25 Abril a 22 Junho

5ª edição desta bienal conta com 41 obras | Inauguração a 25 abril pelas 16h00

A organização da 5ª Bienal Internacional de Arte de Espinho recebeu 268 candidaturasde nacionalidades como Portugal, Brasil, Espanha, Moldávia, Ucrânia, Rússia, Venezuela, Letónia, Guiné Bissau, Angola, Moçambique, Bélgica, Roménia, Chile, Suíça, Itália, Alemanha e Reino Unido, tendo o júri de selecção escolhido 41 obras para estarem presentes na exposição, distribuídas pelas áreas do desenho, pintura e escultura, com abertura marcada para o dia 25 de abril pelas 16 horas, nas Galerias Amadeo de Souza-Cardoso do Museu Municipal de Espinho.
Este ano terá como artistas convidados Sofia Areal, Isabel Cabral, Mário Vitória e Rodrigo Cabral, todos eles com um extenso curriculum expositivo e com obras que integram as coleções de vários museus e fundações nacionais e internacionais.
A Bienal Internacional de Arte de Espinho tem o apoio da prestigiada Tapeçarias Ferreira de Sá, que patrocina o grande prémio do concurso no valor de €5.000,00.

Exposição | A Arte em Liberdade
Abr 25 @ 15:00 – 17:00
Exposição | A Arte em Liberdade

Vai ser inaugurada no dia 25 de Abril a:

I EXPOSIÇÃO DE PINTURA LUSO – GALAICA EM SILVALDE

Pintoras: Ester de Sousa e Sá e Adolfina Mesa

15h00: Recepção e porto de honra com momento musical na sala da Assembleia de Junta de Freguesia de Silvade

16h00: Inauguração da exposição com a presença das pintoras no salão da Junta de Freguesia de Silvalde


Vai permanecer aberta ao público no Salão da Junta de Freguesia de 25 de Abril a 9 de Maio

Mai
11
Sáb
Exposição de Pintura, de Fernando Rocha | ENTRETONS
Mai 11 @ 16:00 – 17:00
Exposição de Pintura, de Fernando Rocha | ENTRETONS

11 Maio a 16 Junho
Galeria de Exposições – Centro Multimeios

Inauguração no dia 11 de Maio, pelas 16h00.


Fernando Rocha

Nasceu em Portugal 1958
Frequentou a Escola Superior de Belas Artes do Porto 1977-1979 ( pintura e escultura)
Workshop de música electro-acústica com Jorge Peixinho 1981
Workshop de música eléctro-acústica com Filipe Pires 1982
The Recording Workshop Ohio EUA 1984 ( técnicas de gravação audio )
The New York Film Academy NY EUA 1996 (cinema)

As suas actividades repartem-se pela de artista plástico, músico, realizador e engenheiro de gravação de musica clássica e jazz, tendo sido responsável por perto de 300 titulos editados em cd pela editora Numérica. (1985-2014).

Exposições de pintura:

1978 colectiva “Artistas Portugueses por um Portugal melhor” Amesterdão,Holanda.
1978 colectiva Alunos ESBAP ,Porto.
1978 colectiva Alunos ESBAP, Paços de Brandão.
2015 individual Quinta da Boeira, Vila Nova de Gaia.
2015 coletiva Galeria D Arte 46 Porto.
2015 coletiva Galeria Geraldes, Porto.
2015 participação na Casa Porto em colaboração com o atelier Paula
Franzini Home Fashion.
2016 colectiva Centro Multimeios Espinho
2016 individual Centro Cultural de Rio Tinto
2016 Individual The Yeatman Hotel Vila Nova de Gaia
2016 Individual Atmosfera M Lisboa
2016 Colabora com o atelier Paula Franzini Home Fashion Porto
2016 colectiva Casa Machado Afurada Gaia
2016 colectiva Casa do Caminho, Yeatman Hotel,Gaia
2016 Individual com textos de Sofia Diogo, Taguspark, Oeiras
2016 Colabora com o atelier Paula Franzini no evento Sleep In, Porto
2016 Individual Biblioteca Municipal Santa Maria da Feira
2016 Colectiva Lugar do Desenho Fundação Julio Resende Gondomar.
2017 Colectiva Lugar do Desenho Fundação Julio Resende Gondomar.
2018 Individual Galeria SBN Porto
2018 Individual XVIArtis Festival de Artes de Seia
2018 colectiva Memórias de Verão Sever do Vouga
2018 colectiva exposição internacional de livros de artista Gondomar
2018 colectiva Tributo a Amadeo MME Espinho
2019 Individual Galeria 60-62 Porto
2019 Um dos artistas convidados da Bienal de Arte de Vila Nova de Gaia
2019 Individual Galeria Centro Multimeios de Espinho

As suas pinturas fazem parte de coleções públicas e particulares, António Victorino D’ Almeida (compositor), Harrison Ford (actor), entre outros.

Jun
8
Sáb
XXIII Encontro Internacional de Estátuas Vivas – 2019
Jun 8 todo o dia
XXIII Encontro Internacional de Estátuas Vivas - 2019
O mais antigo Encontro Internacional de Estátuas Vivas do Mundo volta a animar a cidade de Espinho, nos próximos dias 8 e 9 de junho.
Em pleno coração da cidade, o XXIII Encontro Internacional de Estátuas Vivas apresenta as melhores performances artísticas de imobilidade proporcionando, uma vez mais, a cumplicidade entre os participantes e o público.
O XXIII Estátuas Vivas é uma organização da Câmara Municipal de Espinho a realizar na Praça Dr. José Oliveira Salvador (Largo da Câmara Municipal), no dia 9 junho (domingo), a partir das 15h30, e que contará com a participação de 40 estátuas a concurso às quais se juntam convidados da Argentina/Espanha e Ucrânia.
Na noite anterior ao encontro (sábado, 8 junho), a partir das 21h30, realizar-se-á o Lu(g)ar de Estátuas, evento que reúne num deslumbrante e mágico ambiente, estátuas premiadas pelo júri em edições anteriores.
Pelo segundo ano consecutivo, o Lu(g)ar de Estátuas terá como pano de fundo a emblemática Rua 19, onde as estátuas colocadas nas montras dos estabelecimentos comerciais exibem a sua performance.
Ao longo destes 23 anos, o Encontro Internacional de Estátuas Vivas permitiu que esta arte performativa ganhasse notória visibilidade a nível nacional e internacional, potenciando o despontar de Encontros semelhantes em muitas dezenas de cidades por todo o mundo, bem como o aparecimento de novos criadores e artistas, que tiveram neste evento a possibilidade de exibir o seu talento e trabalho.
Na presente edição, serão atribuídos os seguintes prémios: «Prémio Especial do Júri», «Prémio Revelação» e «Prémio do Júri». Caberá, ainda, ao público escolher a sua estátua favorita, que será eleita com o “Prémio do Público”.
António Gomes dos Santos, recordista mundial da imobilidade, estará uma vez mais presente, como convidado especial deste Encontro.
No sábado (23h00) e no domingo (18h00), destaque para a surpreendente performance “Pipeline Madrid”, da companhia espanhola Alucinarte Animación Teatral. A companhia está sediada em Barcelona dedicando-se, há vários anos, à animação teatral de rua. Sob direção artística de Jorge Balmaseda, tem atuado em festivais e outros eventos por toda a Espanha, bem como em vários outros países.
HORÁRIO:
Dia 8: 21h00-23h00
Dia 9: 14h30-18h30
2019
Jun
9
Dom
XXIII Encontro Internacional de Estátuas Vivas – 2019
Jun 9 todo o dia
XXIII Encontro Internacional de Estátuas Vivas - 2019
O mais antigo Encontro Internacional de Estátuas Vivas do Mundo volta a animar a cidade de Espinho, nos próximos dias 8 e 9 de junho.
Em pleno coração da cidade, o XXIII Encontro Internacional de Estátuas Vivas apresenta as melhores performances artísticas de imobilidade proporcionando, uma vez mais, a cumplicidade entre os participantes e o público.
O XXIII Estátuas Vivas é uma organização da Câmara Municipal de Espinho a realizar na Praça Dr. José Oliveira Salvador (Largo da Câmara Municipal), no dia 9 junho (domingo), a partir das 15h30, e que contará com a participação de 40 estátuas a concurso às quais se juntam convidados da Argentina/Espanha e Ucrânia.
Na noite anterior ao encontro (sábado, 8 junho), a partir das 21h30, realizar-se-á o Lu(g)ar de Estátuas, evento que reúne num deslumbrante e mágico ambiente, estátuas premiadas pelo júri em edições anteriores.
Pelo segundo ano consecutivo, o Lu(g)ar de Estátuas terá como pano de fundo a emblemática Rua 19, onde as estátuas colocadas nas montras dos estabelecimentos comerciais exibem a sua performance.
Ao longo destes 23 anos, o Encontro Internacional de Estátuas Vivas permitiu que esta arte performativa ganhasse notória visibilidade a nível nacional e internacional, potenciando o despontar de Encontros semelhantes em muitas dezenas de cidades por todo o mundo, bem como o aparecimento de novos criadores e artistas, que tiveram neste evento a possibilidade de exibir o seu talento e trabalho.
Na presente edição, serão atribuídos os seguintes prémios: «Prémio Especial do Júri», «Prémio Revelação» e «Prémio do Júri». Caberá, ainda, ao público escolher a sua estátua favorita, que será eleita com o “Prémio do Público”.
António Gomes dos Santos, recordista mundial da imobilidade, estará uma vez mais presente, como convidado especial deste Encontro.
No sábado (23h00) e no domingo (18h00), destaque para a surpreendente performance “Pipeline Madrid”, da companhia espanhola Alucinarte Animación Teatral. A companhia está sediada em Barcelona dedicando-se, há vários anos, à animação teatral de rua. Sob direção artística de Jorge Balmaseda, tem atuado em festivais e outros eventos por toda a Espanha, bem como em vários outros países.
HORÁRIO:
Dia 8: 21h00-23h00
Dia 9: 14h30-18h30
2019
Jun
15
Sáb
Exposição “Fragmentos Urbanos” de Rui Duarte
Jun 15 @ 10:00 – 11:00
Exposição "Fragmentos Urbanos" de Rui Duarte
15 Jun a 13 Jul
Local: FACE – Fórum Arte Cultura Espinho
“Fragmentos Urbanos” representa um projecto estético, que resulta, simultaneamente, do amadurecimento de uma linha de trabalho que vinha seguindo há algum tempo, e de um processo de pesquisa permanente sobre diferentes enquadramentos, perspectivas e texturas de determinados edifícios. Daqui resulta um trabalho que, embora conservando, na sua generalidade, a tónica na policromia e nos contrastes, bem como na vitalidade dos traçados que já vinham de trabalhos anteriores, procura reinterpretar realidades urbanas, também elas, realidades sociais.
O que por vezes, e na realidade, nos causa aversão, pode, à luz de uma nova leitura e de uma nova plástica, suscitar-nos empatia, admiração ou simplesmente curiosidade. É o caso dos bairros sociais, favelas ou ruínas retratados nos quadros.
Este conjunto de telas traduz-se nisso mesmo: olhares pontuais (se quisermos, fragmentos) sobre espaços que muito escrevem sobre vidas e vicissitudes dos humanos, quiçá contribuindo para algumas desmistificações.
Rui Duarte