Autarquia reivindica construção da passagem desnivelada

McDonalds_530x80_baixonoticia
Video da reportagem da EspinhoTV de 2017
Câmara Municipal de Espinho lamenta que o Governo e a IP-Infraestruturas de Portugal deixem acontecer mais uma morte na passagem de nível de Silvalde.
O Presidente da Câmara Municipal de Espinho escreveu mais uma vez ao Presidente da IP-Infraestruturas de Portugal com conhecimento ao Ministro do Planeamento uma carta exigindo que seja cumprido o acordo com a Autarquia celebrado em 2015.
As verbas para a construção das passagens de nível estavam negociadas e acordadas, com o anterior governo, mas o atual executivo decidiu alterar o Plano de Investimentos a realizar pela REFER na Linha Ferroviária do Norte e adiou as obras em Espinho para 2021.
A Câmara Municipal de Espinho solicitou mais uma reunião com carácter de urgência para que a IP-Infraestruturas de Portugal resolva definitivamente a construção da passagem desnivelada em Silvalde.
Consulte aqui oficio endereçado ao Presidente da IP-Infraestruturas de Portugal

Artigos Relacionados