Espinho Surf Destination 5.ª edição

McDonalds_530x80_baixonoticia

O evento de surf, mais conceituado da zona norte, está a chegar.
De 10 a 25 de março, o mundo do surf invade a cidade de Espinho com competições internacionais e eleva a fasquia, neste que é o seu quinto ano de existência, trazendo campeonatos regionais, nacionais e internacionais.
O Surf Pro Espinho irá contar com a competição Junior mais aclamada da Europa o Junior Pro Espinho by World Surf League – e a grande novidade, deste ano, é a integração da competição mundial do Longboard Pro Tour.
Nos dias 10 e 11 de março, a edição deste ano, arranca com o Circuito Surf do Norte, competição regional e nacional que tem a sua génese, na cidade de Espinho, há mais de uma década e que, hoje, é recriada pela Federação Portuguesa de Surf.
A competição, LongBoard World Tour, traz à cidade de Espinho os melhores atletas do mundo para mais uma prova do calendário mundial da World Surf League, nos dias 16, 17 e 18 de março.
No último fim-de-semana de março é a vez dos mais novos almejarem as suas pranchas até às praias de Espinho. A prova mais conceituada do circuito europeu de Surf Junior, o Junior Pro Espinho, espera exceder o limite de inscrições, tal como na edição passada.
Além das reputadas competições apresenta, em 2018, uma nova estrutura para os Atletas e VIP’s, uma zona dedicada às crianças, ESD KID ZONE, e uma nova Sponsor Village.
A 5.ª edição do evento oferece atividades para públicos diferenciados, quer na Sponsor Village, como também na área do evento: aulas de surf adaptado com os melhores surfistas do evento, cinema e mostra de filmes na praia, batismo de surf, surf para carenciados, workshops de fotografia e de shapes de pranchas (como fazer uma prancha de surf), exposição de fotografias de surf, limpeza de praia com a Surf Rider Foundation e aulas de fitness.
Segundo organização Gonçalo Pina e Pedro Ferreira: “Todos os anos tentamos dar um improve às competições. A par disso, este ano, crescemos com uma área a ESD Kids, dedicada às crianças e às famílias. Passamos o evento para março para apanharmos as melhores ondas e com o objetivo de comunicar a cidade a nível internacional fora do período de Verão. Vamos fazer uma perna Europeia de Surf: os atletas vão sair de Espinho e rumarão à Caparica, fazendo a cidade entrar no circuito internacional da modalidade.”

Artigos Relacionados