Nova fábrica de Conservas de Peixe em Espinho

Nova fábrica de Conservas de Peixe em Espinho
McDonalds_530x80_baixonoticia

Deu entrada na Câmara Municipal de Espinho o pedido de licenciamento para a construção de uma unidade fabril na zona industrial de Paramos destinada à conservação, congelação e produção de pasta de produtos de pesca.

São 4 mil metros quadrados de construção, num terreno de 11 mil metros, à disposição de uma nova unidade industrial que vai gerar mais de 70 postos de trabalho.

Pinto Moreira, Presidente da Câmara Municipal afirma que ”estão à vista os resultados e as oportunidades abertas pelo novo PDM e por uma estratégia de ordenamento do território e de requalificação urbana atrativa para o investimento privado.”

A implantação desta nova fábrica com grande componente de inovação e diferenciação de produtos foi disputada por municípios vizinhos, mas o promotor do investimento preferiu as condições que o concelho de Espinho oferece para aquela atividade industrial.

A nova fábrica vai produzir várias marcas de produtos de pesca para o mercado nacional e para exportação.

A sua localização no concelho de Espinho permite também potenciar sinergias com a histórica marca da conserveira “Brandão Gomes” e com a identidade piscatória conferida pela “Arte Xávega”.

Artigos Relacionados