“Patrulha Júnior” esteve em Espinho

O Centro Multimeios de Espinho foi o palco para o projeto “Patrulha Júnior” — uma campanha que pretende ensinar às crianças os riscos de usar o telemóvel na estrada.

Porque a Educação Rodoviária nunca foi tão importante, a Ascendi, em parceria com as forças de segurança pública, lançou este ano a 2.º edição da Patrulha Júnior, uma campanha que pretende sensibilizar os mais jovens para adoção de comportamentos de segurança rodoviária preventivos e fomentadores de práticas seguras.

A respetiva campanha materializa-se na exibição de uma peça de teatro destinada às crianças do 1.º Ciclo e que aborda (de uma forma divertida e simples) a utilização do telemóvel durante a condução, nomeadamente, no que se refere à distração não só com o “manusear”, mas também com o “olhar”, alertando para os riscos muito elevados de acidente que podem resultar em consequências nefastas para todos os que circulam na estrada e via pública.

Nesta iniciativa, que decorreu no Centro Multimeios, participaram cerca de 742 crianças do 2.º ao 4.º ano de escolaridade das escolas do concelho, divididas por três sessões ao longo do dia. A sessão de abertura contou com a presença da vereadora com o pelouro da Educação Maria Manuel Cruz e do presidente da Câmara de Espinho, Miguel Reis.

Para reforçar a importância da mensagem da peça de teatro desenvolvida, as equipas da PSP e dos Bombeiros das corporações locais também, marcaram presença através da exposição das suas viaturas de intervenção e transmitiram alguns ensinamentos fundamentais para a prevenção e segurança rodoviária.

No final da peça, cada uma das crianças participantes foi recrutada como agente da Patrulha Júnior, com a atribuição do distintivo desta e a entrega do Manual do Bom Agente.

Sensibilizar os mais novos, é a longo prazo, uma forma de garantir que as próximas gerações estarão mais consciencializadas para a boa prática rodoviária e, serão condutores, ciclistas e peões mais responsáveis. Foi com base nesta máxima que a Câmara Municipal de Espinho, apoiou logisticamente este projeto que promove as boas práticas no âmbito da educação rodoviária.

Para além de assistir à peça de teatro que se encontra “em digressão” por vários municípios abrangidos pela rede de autoestrada da Ascendi, as escolas podem participar num concurso ao nível nacional, que fomenta a criação de trabalhos artísticos sobre a segurança rodoviária.