1º Concurso Interescolar da Canção Francófona

1º Concurso Interescolar da Canção Francófona
McDonalds_530x80_baixonoticia
McDonalds_530x80_baixonoticia

A final do 1º Concurso Interescolar da Canção Francófona decorreu na passada sexta-feira, dia 24 de abril, no Auditório da Academia de Música de Espinho.

Os finalistas, representando os vários estabelecimentos de ensino da cidade, encantaram o auditório, quase cheio, com canções de sempre como a famosa “Non, je ne regrette rien” de Edith Piaf ou ainda a canção “Tous les garçons et les filles de mon âge” de Françoise Hardy. Mas a nova canção francesa também esteve representada com títulos como “Je veux”, de Zaz ou “ La Seine”, de Vanessa Paradis.

 O júri, composto pelos docentes de Música Virgínia Teixeira (Agrupamento de Escolas Dr. Gomes de Almeida), Clementina Silva (Agrupamento de Escolas Dr. Manuel Laranjeira e Jonas Pinho (Escola Profissional de Música de Espinho), por Adérito Moreira (Presidente da FCAPE) e ainda pela professora da Aliança Francesa do Porto, Manuela Teixeira, escolheu por unanimidade, os seguintes vencedores. Primeira classificada: Carolina Ceia- Escola Profissional de Música de Espinho (“Non, je ne regrette rien” de Edith Piaf). Segundos classificados: Maria Rocha e Pedro Santos – Escola Profissional de Música de Espinho («Sympathique» de Pink Martini). Terceiras classificadas: Francisca Armelim e Francisca Resende- Escola Manuel Laranjeira – («Le festin» de Camille).

Esta iniciativa provou, mais uma vez, o trabalho colaborativo, que tem vindo a existir na Cidade de Espinho, por parte das professoras de francês dos Agrupamentos de Escolas Dr. Manuel Laranjeira e Dr. Gomes de Almeida e da Escola Profissional de Espinho.

Estiveram ainda presentes a Dra Hellena Morais, Vice-Diretora do Agrupamento de Escolas Dr. Gomes de Almeida, a Coordenadora Pedagógica da Escola Profissional de Música de Espinho, Dra Marina Castro e as professoras de Francês Catarina Silva, Carlota Madeira, Irene Monteiro e Lídia Marques

Este concurso permitiu provar que a canção francófona comove, diverte e está à vista, à semelhança da língua francesa. De facto, todos os alunos participantes revelaram um gosto particular pela língua francesa. Os membros do júri, os representantes das Escolas e toda a comunidade que assistiu ao espetáculo foram unânimes ao referir que as músicas apresentadas e o desempenho revelado pelos participantes foram brilhantes.

A noite do dia 24 de abril reforçou assim a importância do ensino do francês, nomeadamente nas escolas de Espinho. De facto, a língua francesa constitui um trunfo para o futuro profissional dos alunos. A comprová-lo o aumento considerável de inscrições para os exames DELF (Diploma de Estudos em Língua Francesa) que decorrerão nos próximos dias 11 e 12 de maio, na Escola Dr. Manuel Laranjeira.

O espectáculo contou ainda com a participação das alunas do oitavo ano da Secção Europeia de Língua Francesa da Manuel Laranjeira e com os alunos da EPME Tomás Petiz, Pedro Santos, João Pedro Fernando e Afonso Rocha.

O primeiro Concurso Interescolar a canção Francófona de Espinho teve o apoio dos vários estabelecimentos de ensino do Concelho, da Associação Portuguesa de Professores de Francês, da Escola de Surf “Surf Atitude” e promete voltar para o ano.

Concorrentes finalistas:

Escola Profissional de Música de Espinho: Pedro Santos, Maria Rocha, Joana Monteiro, Teresa Silva, Inês Meireles, Carolina Ceia.

Agrupamento de Escolas Dr. Gomes de Almeida– Ana Carolina Boia

Agrupamento de Escolas Dr. Manuel Laranjeira– Daniela Fonseca, Luca Barbara, Francisca Armelim, Francisca Resende e Sofia Machado.

Artigos Relacionados