Evento de Encerramento Projeto da ADCE “Pesc(Arte)”

A ADCE realizou na passada sexta-feira dia 27 de Março, o evento de encerramento do Projeto Pesc(Arte). Este projeto é fruto de uma estreita parceria entre a ADCE e a Câmara Municipal de Espinho e resulta de uma candidatura feita pelo Município ao Programa Operacional Regional do Norte – ON2 no âmbito do regulamento específico “Ações de Valorização do Litoral”.
O projeto teve como objetivo primordial valorizar e reconhecer a atividade piscatória como elemento estratégico e diferenciador no concelho de Espinho, privilegiando o mar um recurso fundamental com fortes repercussões ao nível da economia, da cultura e da identidade local.
No decorrer da execução do projeto Pesc(Arte) procurou-se compreender as fragilidades e dificuldades da economia local deste sector, bem como as suas oportunidades e potencialidades, ao mesmo tempo que promove a valorização da atividade piscatória e das tradições ligadas à pesca.
Foram envolvidos no projeto aqueles que são os atores principais da pesca, ou seja os próprios pescadores, os armadores e a comunidade piscatória
Este evento teve início da praia dos pescadores do Bairro Piscatório, onde foram inauguradas três esculturas alusivas ao mar e à preservação do ambiente, que, juntamente com outras, irão posteriormente ser instaladas ao longo da costa de Espinho.
Seguidamente assistimos no Centro Multimeios a uma apresentação sobre a origem e evolução do Bairro Piscatório e a uma Tertúlia sobre o “Efeito da Arte de Xávega em Espinho”. Esta tertúlia contou com a preciosa participação da Dra. Leonor Fonseca, do Presidente da Associação Portuguesa da Xávega, José Vieira e do Espinhense Rui Neto.
Concluiu-se que é vital reforçar o investimento na valorização da atividade piscatória e no mar, enquanto importante recurso natural existente no Município de Espinho, assente no estabelecimento de alianças entre os diferentes agentes locais, que permitam otimizar recursos e fomentar sinergias.
De destacar também, a exposição de varinas da autoria de artistas plásticos de várias partes de Portugal, que veio também abrilhantar este evento e que estará patente no foyer do Centro Multimeios nas próximas duas semanas.

Artigos Relacionados