Jovens Espinhenses participam em competição europeia de robótica

Decorreu em Hanôver, Alemanha, entre os dias 20 e 23 de junho, a competição Europeia RoboCup (RoboCup Junior Euro 2019) – https://rcj2019.eu/). O RoboCup compreende um conjunto de competições na área da robótica, com o objetivo de motivar jovens, com idades compreendidas entre os 10 e os 19 anos, para as áreas da ciência e tecnologia através das competições robóticas.

Este ano estiveram presentes neste evento 103 equipas provenientes de 16 países, que competiram entre si em diferentes ligas. Entre estas equipas, contavam-se duas equipas constituídas por jovens da cidade de Espinho.

A equipa Robotic.Builders, constituída por Aléxia Sousa, Miguel Sousa, Rafael Coimbra e Tomás Silva (com idades entre os 15 e 16 anos) e pelo seu mentor Mike Sousa, participou na liga Busca e Salvamento em Simulação, tendo-se classificado em quarto lugar da geral. O objetivo desta prova passa por as equipas desenvolverem e programarem as estratégias mais adequadas para robôs autónomos virtuais navegarem através de mundos virtuais para recolher objetos, enquanto competem com robôs de outras equipas que também procuram e recolhem objetos nos mesmos mundos.

Esta equipa conseguiu ainda o segundo lugar na prova Super Teams. Nesta prova o objetivo passa por juntar duas ou mais equipas que participam na competição, formando uma nova equipa, e efetuar uma competição paralela de forma a fomentar a troca de conhecimentos e experiências entre os diversos participantes do evento. Nesta competição, os Robotic Builders (de Espinho, Portugal) formaram equipa com os Pikachu (de Bremen, Alemanha) e as The Lightbulbs (de Cambridge, UK).

Já a equipa Saravá Robótico, constituída por Bernardo Cruz Silva, Filipa San Romão Silva, Inês San Romão Silva e Lucas Lima (com idades entre os 11 e 16 anos) e pelo seu mentor Manuel Silva, que participou este ano pela primeira vez numa competição de robótica, competiu na liga OnStage, tendo assegurado o quinto lugar na prova. A liga OnStage (performance em palco) consiste numa competição dinâmica e interativa, onde cada equipa programa os respetivos robôs para dançarem ao som da música, seguindo uma coreografia criada pelos elementos das equipas. Os robôs podem possuir trajes e o palco pode ser também decorado, ou preparado com outros adereços, para dar ainda mais brilho a esta competição.

A participação destas duas equipas no RoboCup Junior Euro 2019 só foi possível graças ao apoio das empresas e instituições seguintes: ABB, Criação Livre, INESC TEC, ITSector, kununu, JPM Indústria e Xing.

 

Manuel Silva

Mentor da equipa Saravá Robótico

Professor Adjunto do Instituto Superior de Engenharia do Porto / Politécnico do Porto

Investigador Sénior do INESC TEC

Artigos Relacionados