85 alunos do Francês de Espinho em visita de estudo a França

McDonalds_530x80_baixonoticia
McDonalds_530x80_baixonoticia

À semelhança de anos anteriores, as professoras de Francês de Espinho organizaram uma visita de estudo a França, de 4 a 8 de julho, tendo sido a região da Alsácia o destino escolhido.

 A visita foi preparada ao longo do ano, nas aulas de Francês, com a realização de várias atividades de descoberta das tradições, dos mercados de Natal e da história da região, nomeadamente de pesquisas que resultaram numa exposição bilingue, patente na Biblioteca Municipal de Espinho , durante a Festa da Francofonia. Nas aulas de História, de Geografia e de Ciências Naturais, foram ainda focados aspetos relevantes como as características geográficas da região, o campo de concentração do Struthof durante a segunda guerra mundial e as experiências médicas aí realizadas.

O grupo do Agrupamento de Escolas Dr. Manuel Laranjeira, constituído por 46 alunos e as professoras Lídia Marques, Paula Maia, Rosário Bernardo e Sandra Costa, partiu na manhã do dia 4 de julho; por seu turno, o grupo do Agrupamento Dr. Manuel Gomes de Almeida e EPME, com 35 alunos, acompanhados pelas professoras Carlota Madeira, Catarina Silva e Marina Castro rumou com destino a França  no dia seguinte, na manhã do dia 5 de  junho. Professoras e alunos foram acompanhados, como é hábito nas viagens que realizam, por dois guias do clube AF: O primeiro grupo pelo Dr. António Santos e o segundo pela Dra. Ana Macedo.

Do programa constou a visita de cidades e aldeias emblemáticas como Colmar – e o seu pitoresco bairro da “Petite Venise” –  Riquewihr- um verdadeiro museu ao ar livre, onde é possível admirar construções do séc. XII- e Estrasburgo. Em Colmar, os alunos da Manuel Laranjeira tiveram a oportunidade de visitar o museu Bartholdi, o criador da estátua da Liberdade, experiência que registaram no diário de bordo que foram completando, ao longo da estadia.  Em Estrasburgo, todos visitaram o centro histórico, a belíssima catedral em arenito cor de rosa, o bairro “La petite France”, as pontes cobertas. Um dos momentos altos foi a visita guiada ao Parlamento Europeu.

O dia de sábado teve o mesmo programa, embora a visita ao campo de concentração de Struthof, tenha sido realizada em momentos diferentes. Foi uma visita carregada de simbolismo, onde imperaram o silêncio, o respeito e a introspeção.

Nesse mesmo dia, o grupo espinhense subiu ao Monte Santa Odile, tendo desfrutado das belas paisagens dos Vosges, dos espaços religiosos e arquitetónicos e da Floresta Negra, ao longe. O Monte Santa Odile foi o ideal para o almoço partilhado e o reencontro dos alunos espinhenses.

O domingo ficou reservado para a pura diversão! Os dois grupos rumaram ao Europa Park, um parque temático, dividido por países da Europa onde, a par das diversões, também se pode conhecer um pouco da história de cada país.  Este dia coincidiu com o regresso a Portugal do primeiro grupo. O segundo, na manhã de segunda feira teve ainda a visita guiada ao Parlamento Europeu, tempo para, mais uma vez, otimizarem as aprendizagens realizadas ao longo do 3º ciclo e melhor compreenderem tudo o que ali lhes foi transmitido. Nesse dia, marcado pelo regresso, chegou ao fim uma aventura, boa, com toda a certeza para o grupo de adolescentes espinhenses que, mais uma vez, tiveram a oportunidade de sentir que o que aprendem e estudam na sala de aula é claramente reforçado e enriquecido pelo saber adquirido numa visita de estudo como foi esta.

Artigos Relacionados