“A Paz”, de Aristófanes, em versão atual pelo Teatro Popular de Espinho

McDonalds_530x80_baixonoticia
McDonalds_530x80_baixonoticia

Na Grécia Clássica, os deuses viviam no meio dos homens, o que facilitava os pedidos de ajuda dos humanos para vencerem as provações da vida, por exemplo, as agruras da guerra e o anseio pela paz. Problema de todos os tempos e hoje bem atual, este é também o tema de fundo do texto clássico de Aristófanes (século V antes de Cristo) “A Paz”, que Domingos Oliveira reescreveu e António Paiva encenou para o Teatro Popular de Espinho.
A estreia deste novo trabalho do TPE decorreu no passado dia 20 de Abril, com repetição no dia 21 de Abril e nos dias 4 e 5 de maio, sempre às 21:30, no Auditório Nascente (Rua 16, 1200, em Espinho).

VER GALERIA DE IMAGENS

Por: Filipe Couto

Artigos Relacionados