Alunos da Escola Dr. Manuel Gomes de Almeida realizam manifestação contra a crise climática

McDonalds_530x80_baixonoticia

Os alunos do Curso Profissional de Comunicação (Marketing, Publicidade e Relações Públicas) e do Curso de GPSI (Gestão e Programação de Sistemas Informáticos) também apoiaram e estiveram a manifestar-se, silenciosamente, no intervalo da manhã de sexta feira, dia mundial da greve pela Crise Climática.

Juntando-nos à ativista Greta Thunberg, uma menina de 16 anos que faltava à escola, uma sexta-feira por mês, para se manifestar em relação ao meio ambiente, em frente ao parlamento sueco. A nossa manisfestação e apoio a esta causa vêm reflectir a preocupação dos alunos e professores da Escola Secundária Dr. Manuel Gomes de Almeida.

No primeiro intervalo da manhã, do dia 27 de Setembro, pelas 10h, os alunos juntaram-se no átrio principal da escola, todos vestidos de preto, com cartazes relativos às alterações climáticas, deitando-se no chão por mais de um minuto e em silencio absoluto. O cartaz principal deixava a seguinte mensagem: “Os Dinaussauros também achavam que tinham tempo!”

Participaram várias turmas da escola, sendo o Curso de Comunicação responsável por esta actividade

“A manifestação que ocorreu no dia 27 de setembro de 2019 foi uma boa forma de chamar a atenção de todas as pessoas para o que está a  acontecer ao nosso meio ambiente. Na minha opinião foi muito importante haver esta manifestação, pois o nosso planeta está a morrer e precisamos de fazer alguma coisa antes que seja tarde de mais e que toda a nossa espécie esteja em risco de extinção.” Beatriz Carvalho, aluno do 11º ano do Curso de Comunicação

“Na minha opinião a manifestação foi uma boa forma de sensibilizar ainda mais pessoas sobre o que está a acontecer ao nosso planeta Terra. Se não começarmos a fazer hoje a mudança, o nosso planeta e todas as espécies que nele vivem podem-se extinguir.” Adriana Fonseca, aluno do 11º ano do Curso de Comunicação.

Esperamos todos que com esta manifestação, consigamos sensibilizar os políticos e todos os stakeholders, para que consigam fazer já, no imediato, algo em concreto para que o planeta sobreviva nas próximas gerações.

Imagens AEMGA

Artigos Relacionados