16.5 C
Espinho Municipality
Segunda-feira, Abril 15, 2024
spot_img

ÚLTIMAS

Apresentação da estratégia dos Bairros Comerciais Digitais

A candidatura apresentada pelo Município de Espinho ao programa “Bairros Comerciais Digitais” (BCD), inserido na Componente 16 – Empresas 4.0, integrada na dimensão da Transição Digital, do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR), passou à segunda fase. Tem como objetivo a dinamização do comércio local, combatendo a retenção económica, apostando na digitalização dos operadores económicos e dos seus modelos de negócio, na promoção do comércio local e na integração digital das cadeias de abastecimento e escoamento.
A primeira fase de análise, onde se identificou o plano de ação e respetivos investimentos a realizar entre as ruas 2 e 20, e as entre as ruas 19 e 23, aprovou a constituição do Consórcio entre o Município e a Associação Comercial de Espinho. As candidaturas respeitantes à segunda fase devem ser submetidas até o dia 9 de março, sem quaisquer encargos para os comerciantes.
Para além do impacto direto e estruturante no aumento e atratividade da oferta de bens e serviços do comércio de rua, através da digitalização, pretende-se criar um referencial de boas práticas na resolução de um dos principais problemas urbanísticos da cidade de Espinho, a cisão territorial provocada pela abertura da linha férrea há quase 150 anos.
Neste contexto será potenciada a efetiva ligação entre as duas principais zonas comerciais da cidade, a nascente e a ponte da linha férrea, tendo como limite territorial a Rua 2 e a Rua 20, reforçando assim o conceito de centro comercial a céu aberto que se destaca na história do comércio tradicional de Espinho.
Considerando que o projeto Bairro Comercial Digital é uma oportunidade de desenvolvimento económico e social, com uma grande componente de intervenção na digitalização e na capacitação das empresas, a Câmara Municipal de Espinho, realizou, no passado dia 28 de fevereiro, na Biblioteca Municipal de Espinho, uma sessão que teve como objetivo apresentar a estratégia de desenvolvimento programada, auscultando os empresários e a comunidade sobre o inerente processo de digitalização.

Vantagens para os Comerciantes:
Aumento e atratividade da oferta de bens e serviços do comércio de rua, em resultado:
Acesso a Wifi gratuito no espaço público, que permite aos clientes aceder gratuitamente a serviços do município, designadamente ao estacionamento disponível;
Aumento da acessibilidade do comércio digital, através do acesso de plataformas de compras, que irá permitir a qualquer pessoa e em qualquer lugar, aceder ao comercio local de Espinho;
Reabilitação urbana promovida pelo município, nomeadamente da instalação de mobiliário urbano, que irá permitir melhorar o ambiente urbano, tornar a área mais atrativa e as condições de conforto para os clientes;
Mobilidade Urbana, designadamente em termos do fomento da mobilidade suave, com as respetivas estruturas de apoio, que irá contribuir para melhorar o acesso ao comercio local.

ÚLTIMAS

spot_imgspot_img

OUTRAS NOTÍCIAS

Seminário Regional: Roteiro Nacional para a adaptação 2100

0
Espinho acolheu a sessão pública de apresentação dos resultados regionais de implementação do “Roteiro Nacional para a Adaptação 2100”, que se realizou na passada...

Visita às obras da IP – Infraestruturas de Portugal, I.P. no Concelho de Espinho

0
A Presidente da Câmara Municipal, Maria Manuel Cruz, acompanhada de técnicos do Município e da IP – Infraestruturas de Portugal, I.P., visitou as obras...

Reunião da Comissão Municipal do Sistema de Gestão Integrada de Fogos Rurais

0
A Presidente da Câmara Municipal de Espinho, Maria Manuel Cruz, presidiu esta quarta-feira, 27 de março, à segunda reunião da Comissão Municipal do SGIFR. Esta...
EspinhoTV

GRÁTIS
BAIXAR