Apresentado o terceiro Caderno d’Espinho – Sorte ao Jogo

McDonalds_530x80_baixonoticia
Foi apresentado no auditório do Casino Espinho, o 3º volume dos Cadernos de Espinho intitulado “Sorte ao Jogo”, numa edição dedicada à história das casas de jogo no concelho.
Esta sessão de apresentação, decorreu na tarde do passado sábado (23nov.) e contou com a presença de Pinto Moreira, presidente da Câmara Municipal de Espinho, do presidente do Grupo Solverde, Manuel Violas e dos autores, os jornalistas Mário Augusto e Luís Costa, e o diretor do Museu Municipal de Espinho, o historiador Armando Bouçon.
Os Cadernos de Espinho são uma coleção de 15 fascículos que celebram a memória e história de Espinho ao longo dos 120 anos. Trata-se de um projeto patrocinado pelo Grupo Solverde, com o apoio da autarquia, cujos volumes continuarão a ser lançados a cada 2 meses, durante os próximos 2 anos.
O presidente da Câmara Municipal agradeceu o trabalho da equipa que está a concretizar esta ideia apoiada pela autarquia, uma obra de interesse histórico que retrata a vida e o quotidiano da cidade desde o início do século passado. Pinto Moreira agradeceu ao Grupo Solverde o apoio dado a esta publicação que retrata a história do jogo em Espinho. O presidente da Câmara elogiou também a permanente disponibilidade do Grupo Solverde e do seu presidente Manuel Violas, para apoiar causas e coletividades que vão muito além das obrigações impostas por lei no âmbito do contrato de concessão de jogo.
O 4º volume dos Cadernos de Espinho abordará a temática do empreendedorismo e da história industrial do concelho.

imagem: Diogo Proença

edição: Filipe Couto

Artigos Relacionados