Concerto pela OCE de celebração do centenário do Prof. Mário Neves

McDonalds_530x80_baixonoticia
A Câmara Municipal de Espinho, a Academia de Música de Espinho, a Solverde e a EPTA-Associação Europeia de Professores de Piano promovem este ano as celebrações do Centenário do Professor Mário Neves.

Pianista, compositor, maestro e professor, o músico natural dessa cidade foi o fundador da Academia de Música de Espinho e lançou o respetivo Festival Internacional de Música, que teve em 2018 a sua 44.ª edição e continua a ser apontado como um dos eventos do género com maior longevidade no país.

O programa das celebrações integra três concertos, um espetáculo de tributo e o encontro anual da Associação Europeia de Professores de Piano (EPTA, na sigla original), sendo o ponto-alto da iniciativa o lançamento da obra que reúne composições de Mário Neves, numa publicação em três volumes, com edição da Câmara Municipal de Espinho.

Esta sexta-feira, dia 28 de Setembro, deu-se início ao programa das celebrações, com um concerto pela Orquestra Clássica de Espinho, com Fausto Neves ao piano. O concerto apresentou duas obras centrais do Classicismo Vienense escritas na mesma tonalidade. A Sinfonia Heróica foi composta durante o tumultuoso período napoleónico e documenta a expansão da orquestra na época, criando novas cores e matizes. O Concerto para piano n.º 14, em Mi Bemol Maior, K. 449 captura os imparáveis anos vienenses de Mozart, quando este se apresentava frequentemente na cidade. O virtuosismo, a elegância e o experimentalismo destacaram-se nesta obra de maturidade do compositor.

Imagem/Edição: Filipe Couto

Artigos Relacionados