29.1 C
Espinho Municipality
Quarta-feira, Julho 24, 2024
spot_img

ÚLTIMAS

FIME 2023: 12 concertos imperdíveis de música clássica ao jazz em Espinho

O FIME decorre entre 16 de junho e 22 de julho com foco na música clássica e no jazz. Stanley Clarke, Eva Fernández Trio, Christian Lindberg e Ilya Gringolts são alguns dos nomes no programa.

A 49ª edição do Festival Internacional de Música de Espinho – FIME – acontece entre 16 de junho e 22 de julho com 12 concertos que vão reunir mais de 500 intérpretes, da música clássica ao jazz.

Stanley Clarke, Edmar Castañeda, The King’s Singers, Ian Bostridge, Christian Lindberg e a Orquestra Gulbenkian são alguns dos nomes que passarão pelo Auditório de Espinho e outros espaços da cidade. O FIME conta ainda com dois programas paralelos: o Festival Júnior, destinado ao público infanto-juvenil, e Périplo, que se estreia este ano com miniconcertos de 45 minutos em locais públicos de Espinho.

“O FIME trará a palco seis orquestras, concertos a solo e música de câmara e jazz, envolvendo em todas as suas rubricas mais de 500 intérpretes, em espectáculos que se realizam em diversos locais da cidade”, diz à Lusa Alexandre Santos, um dos programadores desta edição.

O festival arranca com a Orquestra Gulbenkian e o pianista David Fray, que assumirá também a direcção musical de um concerto com obras “contrastantes” do barroco e do classicismo vienense, compostas por Bach e Mozart.

Depois, a 24 de junho, o palco será da Real Câmara, com o contratenor Alois Mühlbacher e o cravista Bertrand Cuiller. Através de obras de Händel, Porpora e outros compositores, interpretarão diferentes árias evocativas do período do século XVIII em que “os castrati dominaram o grande espectáculo europeu”. Segue-se, a 30, o trombonista Christian Lindberg com a Orquestra Metropolitana de Lisboa, num concerto guiado pelo Romantismo de Mendelssohn e Mussorgsky, e arranjos especiais para a obra de piano Quadros de uma Exposição.

A 1 de julho é a vez de Edmar Castañeda e a Orquestra de Jazz de Espinho, com o harpista colombiano a interpretar as suas composições mais recentes junto ao mar, na esplanada da Baía, na Rua 4. No dia seguinte, o FIME apresenta o violinista Fabio Biondi, que dará a ouvir obras canónicas de Bach. Já no dia 7, o foco será para o grupo de música a cappella The King’s Singers, cuja abordagem humorística vai desta vez evocar o centenário do nascimento do vanguardista húngaro György Ligeti, combinando na composição Nonsense Madrigals personagens de Lewis Carroll com obras renascentistas e canções conhecidas do grande público.

Outros três concertos previstos são os da Camerata Bern com o violinista Ilya Gringolts, a 9 de Julho, com obras de Mendelssohn, Max Bruch, Mieczyslaw Weinberg, Grazyna Bacewicz e Gabrielle Brunner; do tenor Ian Bostridge com o pianista Luís Duarte, que no dia 16 irão abordar Winterreise, de Schübert; e, na mesma data, Serena Serenata, produzida pelo colectivo Ópera Isto, orientada sobretudo para o público infanto-juvenil.

O fim-de-semana de 17 e 18 de junho fica reservado para os miniconcertos do Périplo, protagonizados por artistas como António Victorino d’Almeida, Vera Morais, Hristo Goleminov, a banda África Negra e o Eva Fernández Trio. Uma capela e a escadaria da praia da Baía são alguns dos palcos escolhidos para a estreia deste programa complementar.

Também no dia 17, mas já na sala do Auditório de Espinho, irá ouvir-se Stanley Clarke, vencedor de quatro prémios Grammy pela sua discografia de jazz-funk. O americano actuará com uma big band, passando também pelo rock, r&b, hip-hop e sonoridades electrónicas.

O FIME prossegue a 21 com o trio de Michael Wollny, pianista alemão que apresentará as canções do álbum Ghosts, escritas a partir de músicas de artistas como Gershwin, Nick Cave, David Sylvian, Schubert, Duke Ellington e Timber Timbre.

A 49ª edição integra ainda uma oficina dirigida por Christian Lindberg e uma exposição de pintura e escultura por Meireles de Pinho. Encerra a 22 de Julho com um concerto gratuito na praça da Câmara Municipal, onde a Orquestra Clássica de Espinho prestará uma homenagem a George Gershwin, com o pianista, organista e maestro Wayne Marshall. O preço dos bilhetes vai até 15,00€.

ÚLTIMAS

spot_imgspot_img

OUTRAS NOTÍCIAS

Espinho recebeu seminário dos Rotary

0
No último sábado, dia 20 de julho, o Fórum de Arte e Cultura de Espinho (FACE) foi palco do "1º Seminário / Subsídios Distritais...

Apresentação do projeto do novo Centro Integrado de Saúde da Marinha

0
A Câmara Municipal de Espinho revelou na passada segunda-feira os planos para o novo Centro Integrado de Saúde da Marinha, destacando a contratação iminente...

Assinatura do Protocolo de colaboração entre o Município de Espinho e a Associação Patinhas...

0
A Presidente da Câmara Municipal de Espinho, Maria Manuel Cruz, outorgou hoje, com as representantes da Patinhas sem Lar – Associação de Proteção de...
EspinhoTV

GRÁTIS
BAIXAR