José Milhazes esteve à conversa nas Escola Gomes de Almeida

McDonalds_530x80_baixonoticia

José Milhazes, que todos conhecemos pela sua imponente barba branca, foi um convidado excecional, no passado dia 30 de Maio, na Escola Secundário Dr. Manuel Gomes de Almeida, para compreender a Rússia, pois tem formação académica em História da Rússia – com doutoramento em 2008 – e viveu desde 1977 até recentemente no país (desde o início dos anos 90, como correspondente em Moscovo, inicialmente do Público).
Na Rússia, José Milhazes foi testemunha em primeira mão do regime soviético – com o qual se foi progressivamente desencantando –, da queda da “cortina de ferro” e, mais recentemente, da emergência da nova Rússia de Putin.
O mote para a conversa com os alunos foi a leitura dos seus livros, os regimes totalitaristas, que se enquadram nos conteúdos programáticos tanto do 9.º ano como do 12.º ano, e alguns dos principais aspectos e estratégias referentes à geopolítica russa.
As duas sessões, em que participou, não foram só uma lição de história e cidadania, mas também um relato dos seus 38 anos, das vivências do jornalista sob o regime comunista.
A maior lição dada aos jovens foi a de que os jovens “não devem tomar as virtudes da democracia como dado adquirido” e que estes”…não devem ter medo de mudar de opinião”.
A iniciativa foi dinamizada pela Equipa da Biblioteca da Escola Secundária Dr. Manuel Gomes de Almeida, em articulação com o grupo de História.

Artigos Relacionados