Pódio para a GymnoStar no “VI Toneca Acro Cup 2022”

A GymnoStar esteve presente na “VI Toneca Acro Cup 2022” nos dias 19 e 20 de fevereiro que se realizou na cidade de Tomar, sob a organização do Ginásio Clube de Tomar, que entre contingências, regras de convivência e normas da DGS conseguiu de forma eficiente e eficaz colocar cerca de 670 ginastas a competir.
A GymnoStar fez-se representar nas seguintes especialidades: Par Masculino N1 (Martin Vidal/Mateus Silva – 1.º classificados); Par feminino N1 (Melanie Maia/Leonor Félix; Bia Pedroso/Cristina Silva); Trio Feminino N2 (Lara Jesus/Leonor Silva/Flávia Marques); Par Feminino N4 (Beatriz Rodrigues/Mara Guedes – 3.ª classificadas); Trio Feminino Infantil (Patrícia Lopes/Maria Pereira/Raquel Malheiro); Par Misto Júnior Base (Miguel Moreira/Rita Malheiro – 4.º classificados) e Trio sénior Base (Ana Rita Vaz/Luana Rodrigues/Juliana Simões – 7.º classificadas).
O fim de semana foi, para os ginastas da GymnoStar, um misto de emoções e sensações pelos mais diferentes motivos. Para o Martin Vidal e para o Mateus Silva, que competiram em Par Masculino Nível 1 foi “bom e feliz, pois ganhamos uma medalha logo na primeira vez”, referiu o atleta Mateus de apenas 5 anos. Já para o Par Feminino de Nível 4, Beatriz Rodrigues e Mara Guedes, “uma mistura de incrível e indescritível” segunda a volante Mara que não só pisou o praticável pela primeira vez, como ainda foi medalhada pela sua prestação do par. As ginastas Lara Jesus, Leonor Silva e Cristina Silva são também elas estreantes no mundo competitivo da ginástica acrobática e deixaram no ar palavras como “pressão”, “emoção” e “espetacular” após a realização da sua rotina. Quanto ao Trio Sénior Base, apesar da resiliência que sempre marcou o trabalho das bases deste grupo, a pandemia e as lesões colocaram o conjunto fora dos praticáveis por dois anos, logo imperou o nervosismo e a sensação de “dever cumprido” no final da sua rotina de combinado. Estas ginastas estarão presentes no próximo final de semana no Complexo de Ginástica da Maia para participar no “II Torneio Base de Ginástica Acrobática” com o objetivo de se preparem para o Campeonato Distrital da especialidade que se realiza durante o mês de abril.
Entre ginastas felizes com um sorriso enorme e uns olhinhos brilhantes de alegria e emoção, uma treinadora briosa e uns pais orgulhosos, a comitiva com cerca de 60 pessoas regressou a Guetim com mais quatro medalhas, e duas subidas ao pódio de verdade sem filmagens nem realidade virtual.