fbpx
7.5 C
Espinho Municipality
Sexta-feira, Fevereiro 28, 2020
Inicio Notícias Informação Renovação da linha entre Válega e Espinho será adjudicada a construtora espanhola

Renovação da linha entre Válega e Espinho será adjudicada a construtora espanhola

Data

- Publicidade -

A renovação do troço da Linha do Norte, entre Ovar e Gaia, vai ser adjudicada a uma construtora espanhola. Ao respectivo concurso público internacional, as empresas portuguesas ou não concorreram ou apresentaram preços acima do valor-base, ficando apenas em jogo as construtoras espanholas do consórcio da Azvi e da Sacyr.
A renovação da Linha do Nor­te, no troço entre Válega e Espinho, que deveria ter ficado pronta no final de Setembro do ano passado, tem, agora, “execução prevista entre 2022 e 2023”.
Ao invés, entre Espinho e Gaia, os trabalhos vão mesmo começar no terceiro trimestre deste ano e vão durar até ao segundo trimestre de 2022, ou seja – e mesmo assim -, com quase três anos de atraso.
O projecto envolve um total de investimento elegível de 159 milhões de euros, correspondendo a um apoio do Fundo de Coesão de 119 milhões de euros.
O secretário de Estado das Infraestruturas declarou, em despacho ontem publicado em Diário da República, “a utilidade pública, com carácter de urgência, da expropriação do bem imóvel e direitos a ele inerentes, necessário à execução da obra de construção do Edifício de Mercadorias de Ovar – quilómetro 306,700 a quilómetro 306,800, no sub-troço 3.3 Ovar/Gaia, da Linha do Norte”.
Considera-se que, para a implementação da empreitada de sinalização (fase 2A: Ovar/Gaia, da Linha do Norte) e de modo a cumprir os prazos fixados, torna-se necessária a construção de um edifício técnico na futura Estação Técnica de Ovar (zona também do futuro Terminal de Mercadorias de Ovar) ao PK 306,766, da Linha do Norte, para a instalação de equipamentos de sinalização e telecomunicações.
“A construção deste edifício terá repercussões positivas na vertente ferroviária, de que se destacam uma melhor gestão da frota ferroviária no troço entre Ovar e Esmoriz, que passa a ter instalações de sinalização e telecomunicações e um incremento das condições de segurança da exploração ferroviária, o que configura uma situação de interesse público com carácter urgente”, refere o despacho.

Últimas notícias

- Publicidade -

APP EspinhoTV

Disponível no Google Play

EspinhoTV

GRÁTIS
BAIXAR